VANT na topografia: principais vantagens

O campo da topografia tem passado por algumas mudanças devido aos avanços tecnológicos. Atualmente, por exemplo, é possível usar os serviços de VANT (Veículo Aéreo Não Tripulado) com vantagens técnicas e econômicas em relação aos métodos convencionais de levantamentos topográficos. 

Chamado popularmente de drone, o VANT é uma aeronave controlada remotamente, sem a presença de tripulantes ou passageiros. O uso de VANTs para coletar informações do terreno é uma evolução  da ciência chamada fotogrametria, sendo a obtenção de informações confiáveis e precisas  sobre objetos físicos e o meio ambiente através de processos de registro, medição e interpretação de imagens fotográficas.

O emprego de VANTs em um levantamento topográfico apresenta confiabilidade técnica e possui grande gama de utilização.

Você sabe quais as vantagens do uso dos serviços de VANT na topografia? Não? Então, continue a leitura deste artigo e aprenda!

Como é realizado um trabalho topográfico através de VANT?

São instalados em solo pontos de controle, onde estes são distribuídos ao longo de toda a área e neles são obtidas coordenadas. Os pontos de controle são utilizados para fazer a relação entre o sistema de coordenadas da imagem com o sistema de coordenadas do terreno, utilizados no pós-processamento das imagens aumentando assim a precisão dos produtos finais gerados. 

Elabora-se um planejamento de voo, o que faz com que a operação em campo automaticamente se realize. 

Os VANTs utilizam sensores óticos responsáveis por captar imagens georreferenciadas durante a realização dos voos. Essas imagens são transferidas para um softwares especializados para o  seu processamento. É recomendado investir em um bom computador. Após o processamento é gerado um mosaico de ortofotos que basicamente é a junção das imagens individuais em uma única imagem georreferenciada.

A partir da fotogrametria geram-se milhões de pontos apresentando grande riqueza de detalhes da área levantada, possível a geração de curvas de nível.

Gaste menos tempo para execução do mapeamento

Uma das vantagens consideráveis na utilização dos serviços de VANT na topografia é a economia de tempo e ganho significativo de produtividade. Os VANTs realizam em minutos o que seria feito em dias em campo com equipes de topografia e equipamentos convencionais. Principalmente em situações onde há grandes áreas de interesse ou que são de difícil acesso à utilização de drones é uma boa opção.

Tenha alta precisão com vants

Muitas pessoas ainda têm dúvidas com relação à confiabilidade dos dados obtidos através dos serviços de VANT. Afinal, os drones geram imagens de alta qualidade e resolução gerando dados coletados muito precisos. Sendo assim, através das imagens é possível gerar curvas de nível, construções existentes e locais que apresentam vegetação.

Dessa forma, as ortofotos geradas pelo equipamento possibilitará que o usuário identifique detalhadamente todas as conformações existentes no terreno, mesmo aquelas muito pequenas. A ortofoto nada mais é do que uma representação planimétrica do terreno, utilizando as imagens coletadas pelo drone. Reunindo as vantagens visuais de uma foto com a precisão planimétrica de um levantamento topográfico. Afinal, vale a pena conhecer, não é mesmo?

Entretanto, para atingir a alta precisão, obter um modelo confiável e uma imagem precisa é fundamental a coleta de pontos topográficos de controle em solo. Esses pontos, utilizados durante a fotogrametria, principalmente em áreas com grande densidade vegetal.

É importante ressaltar que já existem no mercado modelos com um receptor RTK (Real Time Kinematic) integrados, capazes de minimizar a necessidade de pontos de controle, agilizando o processo e aumentando a precisão dos levantamentos.

A precisão dos drones é centimétrica e a da topografia dita como convencional milimétrica, logo é justamente a aplicação, a ser considerada antes de a decisão de adotar cada método. 

Reduza os custos do trabalho de topografia

O custo-benefício dos serviços de VANT é extremamente interessante. A sua produtividade é bem superior a de equipamentos como a Estação Total, GNSS (Global Navigation Satellite System) e outros equipamentos convencionais de topografia. 

Não podemos deixar de mencionar que a combinação de ortofotos e MDT (Modelo Digital do Terreno) apresenta inúmeras vantagens em frente à digitalização de ortofotos sozinhas. Assim, a identificação do terreno será muito melhor e mais eficiente, apresentando características que não seria possível encontrar na topografia convencional.

Melhore a resolução das imagens

Um VANT apresenta como um de seus componentes a câmera de alta resolução, onde através dela é possível apresentar detalhes em relação à superfície do terreno. Entretanto, é necessário se atentar para a escolha da câmera, pois ela apresenta uma grande influência sobre o resultado final. Portanto, a melhor maneira é identificar qual a câmera será melhor para as suas necessidades, analisando especificidades como a resolução do pixel e a distância focal.

Mapeie áreas inacessíveis

Outrora, outra vantagem de utilizar os serviços de VANT na topografia é a possibilidade de mapear áreas inacessíveis. Alguns exemplos são encostas, erosões, deslizamentos, áreas em mineradora, onde que não seriam possíveis com a técnica tradicional. 

Então, além de mapear grandes áreas, os drones também são capazes de analisar locais de difícil acesso, gerando um levantamento mais completo e aumentando a qualidade do seu trabalho. É interessante destacar que todo trabalho de monitoramento e mapeamento realizado com VANT é feito por meio de fotogrametria. 

Garanta a segurança dos operadores de VANT

A segurança dos operadores é outra vantagem dos serviços de VANT, pois não necessitam acessar áreas de risco, pois os drones farão esse trabalho e eles apenas controlarão os equipamentos remotamente.

Podemos dizer que os drones já revolucionaram esse mercado e estão sendo utilizados por vários profissionais e empresas. Certamente, o aumento da demanda impulsionará ainda mais o desenvolvimento dessa e de novas tecnologias, aumentando suas funcionalidades e potencialidades.

Normas aplicadas ao uso de VANT

Para operar uma aeronave não tripulada, a ANAC (Agência Nacional de Aviação Civil) criou regras para as operações civis de aeronaves não tripuladas. O Regulamento Brasileiro de Aviação Civil Especial 94/2017 (RBAC-E 94/2017) da ANAC é complementar às normas de operação de drones. Estas, estabelecidas pelo Departamento de Controle do Espaço Aéreo (DECEA) e pela Agência Nacional de Telecomunicações (ANATEL).

Por fim, os equipamentos têm a operação para áreas com no mínimo 30 metros horizontais de distância das pessoas não anuentes ou não envolvidas com a operação. Além disso, cada piloto remoto só poderá operar um equipamento por vez. Obtenha mais informações sobre as normas no site da ANAC.

E aí, gostou do nosso artigo? Ficou com alguma dúvida sobre os serviços de VANT na topografia? Então, entre em contato com nossos consultores. Eles estão preparados para ajudar você.

Deixe um comentário