Mercado

Trabalhando com escalas

O que é escala?

No caso de um desenho ou mapa, a escala é a relação entre as dimensões apresentadas no desenho e o objeto real por ele representado. Tanto as dimensões do desenho como do objeto real devem ser relacionadas utilizando a mesma unidade, para que seja possível realizar uma comparação na mesma grandeza.

Escala = medida no desenho : medida no objeto real

ou

Escala = medida no desenho / medida no objeto real

Quando utilizar escala?

Quando é necessário representar algo em uma folha de papel, em muitos casos seria impossível realizar essa representação admitindo as medidas reais, devido as grandes dimensões e em outros casos, os objetos a serem representados são tão pequenos que sua representação em tamanho real não ficaria visível ou bem representado.

Por esse motivo é necessário em algumas situações aumentar o tamanho do objeto real, sendo denominada escala de ampliação. Em outros casos é preciso diminuir o tamanho do objeto real para que o mesmo possa ser representado em uma folha de papel, sendo isto a escala de redução. Quando o objeto é representado exatamente do seu tamanho, temos a escala natural. E como podemos classificar a escala ao nos depararmos com ela? A escala de ampliação possui numerado maior que o denominador, a escala de redução possui o numerador menor que o denominador e a escala natural possuem numeradores e denominadores iguais.

Vamos exemplificar?

Escala de Redução: uma escala de 1:100 (lê-se um para cem), sendo o numerador igual a 1 a medida do desenho e o denominador 100 a medida real do objeto, podemos concluir que a cada 1 unidade no desenho equivale a 100 unidades do objeto real, ou seja, o tamanho do desenho foi diminuído 100 vezes em relação ao objeto real, para que esse objeto seja representado na folha escolhida. Logo você que é profissional que necessitará representar uma região através de um desenho necessitará adotar uma escala de redução.

Não é possível representar regiões como uma fazenda, um bairro, município, estado, país em uma folha de papel, logo nos mapas são adotadas escalas de redução.

Escala de ampliação: Uma escala de 2:1 (lê-se dois para um), sendo o numerador igual a 2 a medida do desenho e o denominador 1 a medida real do objeto, podemos concluir que a cada 2 unidades no desenho equivale a 1 unidade do objeto real, ou seja, o tamanho do desenho foi ampliado duas vezes do tamanho real do objeto reproduzido.

Se estiver sendo desenhada uma peça mecânica, por exemplo, as vezes essa peça possui tantos detalhes minuciosos que é necessário expandi-la, sem deforma-la para visualizar melhor esses detalhes.

Escala natural: é a denominada escala 1:1, onde uma unidade do desenho representa a mesma unidade do objeto real.

Qual escala é maior ou menor?

Observando as escalas 1:500 e 1:5000 qual escala é a maior? Sendo as escalas relações, dividindo 1/500 teremos 0,002 como resultado e dividindo 1/5.000 obtemos como resultado o valor de 0,0002. Dessa maneira fica mais claro definir qual valor é maior, 0,002 ou 0,0002, 0,002 é maior que 0,0002, assim sendo, a escala 1:500 é maior que a escala 1:5.000. Quanto menor o denominador, maior será a escala, pois estaremos reduzindo o desenho menos vezes e o apresentando com o maior nível de detalhes.

 Escala numérica e escala gráfica

A escala pode ser apresentada numericamente ou graficamente.

                                         

Gostou do nosso texto? Estamos sempre produzindo texto relevantes para a área da agrimensura, engenharia, topografia. Siga nos nas nossas redes sociais e fique ligado nas próximas postagens. 

FacebookTwitterYoutubeLinkedin e Instagram.

Sobre o autor

CPE Tecnologia

Deixar comentário.

Share This