Seu negócio

Geotecnologias: entenda como podem auxiliar os seus serviços!

Com o avanço tecnológico devemos tirar proveito das evoluções para otimizar a realização dos nossos trabalhos. A geotecnologia é um exemplo! Com ela é possível unir conceitos da cartografia e da geografia, espacializando diferentes informações em um campo informatizado. Ficou curioso para conhecer mais sobre esse tema? Continue sua leitura e descubra como essa tecnologia pode te ajudar!

E o que são Geotecnologias afinal?

O conceito de Sistema de Informações Geográficas tem evoluído durante os anos, sendo um sistema de coleta, tendo um armazenamento, manipulação e a saída de dados cartográficos. As geotecnologias ou geoprocessamentos vieram para otimizar esse processo, sendo um conjunto de técnicas e métodos para realizar essas atividades e disponibilizar informação com referência geográfica. As geotecnologias são compostas por soluções em hardware e software que juntas constituem poderosas ferramentas para tomada de decisão.

Dentre as geotecnologias podemos citar: sistemas de informação geográfica, cartografia digital, sensoriamento remoto, sistema de posicionamento global e a topografia georeferenciada.

Vamos saber mais sobre algumas Geotecnologias?

Sensoriamento Remoto

É a aquisição de informações sobre um objeto através da análise de dados adquiridos por dispositivos que não estão em contato direto com o objeto. Os sensores remotos, são capazes de captar energia do objeto e convertê-lo em um sinal que pode ser gravado em um formato adequado para a extração de informações sobre o objeto referido. Eles podem coletar energia acústica, energia gravitacional e energia eletromagnética.

São utilizados acoplados por exemplo a Drones, aeronaves, satélites orbitais e estações espaciais.

Sistema de Informação Geográfica (SIG)

Um Sistema de Informação Geográfica (SIG), originado do inglês Geographic Information System (GIS) representa a união entre hardware e software que pode armazenar, analisar e processar dados georreferenciados. Os SIG’s podem conter arquivos de varredura digital como imagens de satélite e fotos aéreas ou arquivos vetoriais como pontos, linhas ou polígonos. A análise das informações contidas no sistema possibilita a elaboração de mapas, gráficos, tabelas e relatórios que representam digitalmente o mundo real. Cada parte dos dados armazenados é associada a coordenadas em duas ou três dimensões no espaço e relaciona-se a um determinado local no globo.

Sistema de Posicionamento Global (GPS)

O Sistema consiste numa constelação de satélites que podem determinar a localização e o posicionamento de um receptor em qualquer lugar na superfície da Terra, no mar ou no ar. Através de sinais de radiofrequência, um dispositivo receptor é capaz de determinar sua distância em relação a pelo menos quatro satélites. Com base nas coordenadas de satélite e nas distâncias, é possível calcular as coordenadas do dispositivo receptor do usuário.

Geoprocessamento

O Geoprocessamento é um ramo da área do conhecimento denominada como Geomática, onde engloba o total conjunto de técnicas/tecnologias ligadas à informação espacial, quer seja no tocante a coleta, tratamento e análise desses dados.

A atividade de geoprocessamento utiliza ferramentas computacionais para manipular e analisar dados geográficos. Com o conjunto dessas ferramentas integradas em Sistemas de Informações Geográficas (SIGs), é possível analisar e cruzar dados de diferentes fontes, facilitando a extração de informações e tomada de decisão.

Utilização das Geotecnologias

  • Mapeamento de fatores relevantes nas prefeituras, serviços de saneamento, energia elétrica e telecomunicações podem valer-se do uso das geotecnologias para relacionar suas redes de distribuição às demais informações de seus bancos de dados.
  • Utilização na análise, exploração, estudo e conservação de recursos naturais, considerando diferentes escalas e informações espaciais.
  • Estudo da paisagem como topografia, hidrografia, geologia e geomorfologia e variáveis ​​ambientais como temperaturas, precipitação e radiação solar.
  • Auxílio na prevenção de desastres naturais como, por exemplo, inundações, terremotos e erupções vulcânicas.
  • Gerenciamento e monitoramento de atividades humanas relacionadas a diversas áreas como infraestrutura, agricultura e pecuária.

Nosso post te ajudou a esclarecer suas dúvidas sobre geotecnologia? Confira matérias de outros assuntos no nosso blog.

 

Sobre o autor

CPE Tecnologia

Deixar comentário.

Share This