Equipamentos

Sabia que existem “drones” aquáticos? Conheça o Apache 3

Drone aquático Apache 3
Escrito por CPE Tecnologia

Atualmente, drones são muito utilizados para leituras de terrenos através de câmeras ou scanners a laser acoplados em sua parte externa.

Mas e quando é necessário realizar mapeamentos de rios, lagos e mares? Para isso, existem os ecobatímetros, como o Apache 3. Saiba mais sobre esse assunto a partir da leitura deste material.

Para que servem os ecobatímetros?

Realizar leituras topográficas de regiões alagadas sempre foi um grande desafio. Necessária para a construção de pontes, navegação de barcos e navios e até mesmo para monitoramento de barragens, essa leitura era feita, muitas vezes, de forma manual e pouco precisa.

Para mudar esse cenário, nasceram os ecobatímetros, também conhecidos como “drones” aquáticos ou marítimos.

Com estes equipamentos, é possível construir uma representação exata do solo abaixo da água, facilitando o planejamento de obras e cursos de navegação.

Um destaque desse tipo de equipamento é o Apache 3, da empresa CHCNAV, que é um dos mais modernos neste segmento. Continue com a gente nesta leitura, e conheça mais sobre a ecobatimetria.

Como funciona a ecobatimetria?

Esta técnica é um tipo de batimetria, ou seja, é uma evolução das técnicas de medição do solo de áreas alagadas.

Diferente do LiDAR acoplado ao drone, que usa feixes de raio laser para realizar a medição do terreno, os ecobatímetros utilizam ondas sonoras para mapear o solo submerso.

Além disso, equipamentos como o Apache 3 possuem outras ferramentas, como a integração dos sensores GNSS e IMU, que fornecem dados precisos de posição a altitude.

O Apache 3 é um dos líderes neste segmento. Conheça mais sobre o equipamento, a seguir.

Como funciona o Apache 3?

Além do que já falamos neste texto, é importante entender de que forma este equipamento funciona e qual resultado ele entrega.  

O Apache 3 possui um motor potente, com velocidade de até 8m/s, e a tecnologia de linha reta absoluta, que permite uma leitura em curso único, mesmo em condições adversas de corrente e fluxo da água.

Além disso, sua conexão 4G e a integração entre os sensores GNSS e IMU, permitem que a leitura não sofra interrupções mesmo debaixo de pontes, facilitando a leitura e possibilitando seu acompanhamento em tempo real.

E, assim como o laser acoplado ao drone, tanto o transporte, como o escaneamento, podem ser feitos somente por uma pessoa, reduzindo custos e mão de obra.

Como resultado, o Apache entrega dados precisos de posicionamento geográfico, profundidade e relevo, além das imagens geradas a partir da câmera 360° posicionada em sua parte superior. Confira, no vídeo abaixo, como isso acontece na prática:

Quer uma dica?

Antes de decidir se esse tipo de equipamento se encaixa ou não nos seus serviços, converse com um especialista no assunto.

O Apache 3 pode significar uma melhora na produtividade dos seus trabalhos, além de redução de custos.

Por isso, fale com um consultor especialista da CPE Tecnologia, e se surpreenda com tudo que esse equipamento pode te oferecer. Basta clicar na imagem abaixo:

fale com um consultor CPE

Sobre o autor

CPE Tecnologia

Deixar comentário.

Share This