Seu negócio

Como fazer orçamentos de serviços de georreferenciamento?

Escrito por CPE Tecnologia

A elaboração de um orçamento de georreferenciamento não é uma tarefa simples. Para saber quanto custará um serviço, uma empresa especializada precisa levar em conta não apenas seus custos e despesas como também múltiplos detalhes sobre a propriedade em questão.

Além de vários desafios como colher assinaturas se necessário, dificuldade de acesso, a cobertura vegetal e até as condições climáticas podem afetar o custo de um serviço topográfico. Falhar em considerar esses elementos pode levar a distorções graves no valor do orçamento.

O objetivo deste post é guiar os profissionais da área na elaboração do orçamento de serviços de georreferenciamento, listando todos os detalhes que precisam ser avaliados para que essa atividade seja feita com precisão. Boa leitura!

Levante o máximo de premissas sobre o terreno

Apesar da ansiedade de muitos clientes em saber o preço que será cobrado por um serviço de georreferenciamento, não é recomendado que o profissional credenciado tente chutar uma perspectiva de custo imediata, sem conhecer o escopo do trabalho que será realizado.

O primeiro passo para a elaboração desse orçamento deve ser conhecer ao máximo o terreno que será objeto do georreferenciamento, levantando premissas com o proprietário, com outras pessoas que conheçam a área e também com uma consulta à documentação do imóvel. Quanto mais informações prévias forem obtidas pelo profissional, menores as chances de surpresas na hora da execução do serviço.

Se essa avaliação for rasa ou mal-feita, o orçamento pode ficar impreciso e ser insuficiente para cobrir os custos do trabalho. Para evitar essa situação delicada, é crucial conhecer:

  • a área do terreno;
  • informações de confrontantes (imóveis vizinhos);
  • as características básicas do relevo;
  • a localização do imóvel;
  • a presença de marcos geodésicos;
  • a regularidade da documentação;
  • a infraestrutura presente na propriedade;
  • a distância do local mais próximo em que seja possível pernoitar;
  • qualquer levantamento topográfico que já tenha sido realizado previamente;
  • a cobertura vegetal;
  • a necessidade de segurança complementar devido a roubos na região ou litígios;
  • as condições climáticas da região que possam impactar no serviço.

Avalie todos os custos básicos do serviço

Com base nas premissas levantadas sobre o terreno que será registrado, é hora de começar a calcular os fatores que poderão compor o valor que deve ser cobrado pelo serviço de georreferenciamento. 

Os primeiros itens dessa conta são as despesas fixas do profissional: gastos que não estão diretamente relacionados ao escopo e não sofrem uma variação significativa com o volume do trabalho, como contas de luz, despesas com contadores e parcelas ou aluguel de equipamentos

Essas despesas são rateadas entre todos os trabalhos realizados pelo profissional responsável em um período e geralmente simbolizam uma parcela pequena do custo total.

Depois disso, é hora de somar ao cálculo os custos variáveis do projeto. Para fechar essa conta, é muito importante levar em consideração não apenas a área total do imóvel como também todas as outras premissas levantadas.

Da mesma forma, se a propriedade tem um relevo acidentado a dificuldade do georreferenciamento é significativamente maior.

Com a experiência, é fácil para o profissional de topografia avaliar todos esses dificultadores e calcular o impacto deles no custo do serviço, mas a dica para quem ainda não tem segurança na elaboração de um orçamento é conversar com outros profissionais e, se possível, estudar orçamentos feitos por outras empresas.

Calcule o tempo de duração do trabalho

Uma outra variável crucial para a elaboração do orçamento é a duração total da execução do serviço. Esse cálculo é muito importante pois existem diversos custos que estão atrelados a ele — como os salários dos profissionais que vão trabalhar no projeto, o aluguel de equipamentos, os gastos com apoio logístico e outros.

Naturalmente, quanto mais longa for a execução de um serviço de georreferenciamento, mais caro ele será. A dica aqui é sempre considerar uma perspectiva um pouco pessimista em relação ao prazo.

Além da questão do orçamento, essa duração gerará uma expectativa do solicitante do serviço e, caso não seja cumprida, uma insatisfação da parte do cliente. Portanto, sempre considere um pouco de tempo extra quando for realizar o cálculo da duração do trabalho.

Considere os confrontantes

A quantidade e o tipo dos confrontantes é um dos fatores mais decisivos para a elaboração de um serviço de georreferenciamento. Para registrar e certificar um imóvel, é  necessário a declaração do requerente de que respeitou os limites e as confrontações, etapa que exige atenção e cuidado.

Nem sempre existirá uma aceitação dos limites de propriedades rurais entre vizinhos e, muitas vezes, a documentação é imprecisa ou conflitante — o que significa que ambas as partes acreditarão agir no seu direito.

A dica aqui é pesquisar se existe algum tipo de litígio sobre as divisas antes de finalizar o orçamento e, se for o caso, somar o custo envolvido nessa negociação.

Some taxas e a estimativa de lucro do projeto

Depois de levantar todos os custos e despesas fixas e variáveis envolvidas no projeto, é preciso somar também qualquer taxa e imposto devido. O tipo de imposto e a alíquota podem variar de acordo com o estado ou município em que o serviço será realizado. Portanto, é preciso pesquisar com as autoridades locais.

Por fim, finalize o cálculo com o lucro do serviço. É muito importante considerar que lucro é o retorno sobre o capital investido e não deve ser confundido com o pró-labore, que é o salário do empreendedor. 

Não existe uma regra que defina a margem de lucro desse tipo de trabalho, por segurança, é recomendável sempre praticar uma margem de lucro acima.

Agora que você já sabe como realizar um orçamento de georreferenciamento com precisão e sem falhas, aproveite para assinar nossa newsletter e ficar por dentro dos melhores conteúdos para profissionais da área de topografia. Esperamos você!

Sobre o autor

CPE Tecnologia

Deixar comentário.

Share This