Seu negócio

O que é mais vantajoso: ter uma empresa ou ser um autônomo na área de topografia?

Escrito por CPE Tecnologia

Quem trabalha com prestação de serviços pode se deparar com um importante questionamento: ser autônomo ou abrir a própria empresa? Isso acontece em várias áreas e na topografia não é diferente!

A topografia é uma ciência responsável pela mensuração dos acidentes geográficos de um terreno, sendo esta, uma atividade necessária em diversas situações. Dessa maneira, existe grande demanda por esse profissional no mercado de trabalho.

Para tomar uma decisão sobre a viabilidade de abrir uma empresa ou ser um profissional autônomo, é essencial entender quais são as principais demandas do mercado atual, as vantagens e desvantagens de cada possibilidade disponível.

Confira, neste artigo, o que deve ser considerado para a melhor tomada de decisão sobre ser um profissional independente ou ser proprietário de uma empresa de topografia. Boa leitura!

O mercado de trabalho da topografia

O profissional de topografia é necessário em diversas situações e possui campo de atuação em todas as regiões do país, em atividades na zona rural e urbana. No espaço urbano, o profissional desenvolve seus trabalhos com o objetivo de viabilizar a realização de obras, onde ele é o responsável por garantir que os projetos sejam locados e concretizados conforme planejados. Já na zona rural são importantes, por exemplo, no momento de regulamentação de terras, pois estamos em um país onde existem várias loteamentos não registrados e regulamentados. A representação desses espaços através de levantamentos topográficos e memoriais descritivos é essencial para sua regularização.

É nítido o quanto o mercado de trabalho na área da topografia é amplo e diverso. Assim, um dos elementos que devem ser levados em consideração para tomar uma decisão eficaz sobre ser um profissional autônomo ou registrar uma empresa é a área de atuação escolhida e o seu público alvo. Além disso, é importante entender as vantagens e as desvantagens de cada alternativa de trabalho.

 

O profissional autônomo na topografia

O trabalhador autônomo é todo aquele que exerce sua atividade profissional sem vínculo empregatício, por conta própria e com assunção de seus próprios riscos. Escolher ser autônomo na topografia oferece vantagens e desvantagens para o profissional. As vantagens ficam por conta da liberdade de escolher como organizar sua rotina, a seleção de quais serviços desenvolver, possibilidade de oferecer seus serviços para mais de uma empresa ao mesmo tempo. Mas é preciso ter em mente, que o profissional está assumindo os riscos no desenvolvimento de suas atividades. Como aspectos negativos podemos citar a oscilação da demanda de serviço, o custo operacional no desenvolvimento das suas atividades, possíveis prejuízos e custos com manutenções e reparos com relação aos equipamentos de topografia.

Um dos pontos a se analisar é com relação as necessidades dos clientes e as obrigações legais aplicáveis. Quando o profissional da área de topografia é contratado por uma empresa, por exemplo, é ela quem fica responsável pelo pagamento das obrigações legais aplicáveis. Como esse profissional não é empregado, não possui direitos trabalhistas. Além disso, para ter acesso aos benefícios previdenciários, como aposentadoria, ele mesmo é quem deve fazer suas contribuições mensais ao INSS (Instituto Nacional do Seguro Social).

Abrir uma empresa de topografia

Outra opção para quem trabalha com serviços topográficos é a abertura de uma empresa própria. Dessa forma, o profissional deve realizar cadastro nos órgãos competentes como prefeituras, passará a ter um número no Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica (CNPJ) e poderá emitir notas fiscais pelos serviços que prestar. O proprietário de uma empresa deverá se atentar as obrigações legais com relação a empresa e aos seus funcionários, caso tiver, como imposto de renda retido na fonte e o valor pago ao INSS.

É importante lembrar a necessidade e a importância de se manter a documentação em ordem para estar preparado para fiscalizações.

Possuir um CNPJ pode trazer alguns benefícios como descontos e facilidades na realização de compras, locações de equipamentos, cursos e treinamentos.

Como realizar a escolha entre registrar uma empresa ou ser autônomo 

Depois da leitura desse texto e realizar reflexões sobre alguns pontos abordados, o profissional poderá tomar uma decisão mais concisa e consciente. Deve ser consideradas, por exemplo, questões financeiras, burocráticas, riscos, público alvo e o que os seus clientes necessitam e buscam.

Agora, você consegue ter embasamento para tomar a melhor decisão em relação ao seu futuro profissional. Avalie a sua realidade atual e decida entre abrir uma empresa de topografia ou se tornar autônomo nessa área.

Preparado para tomar a decisão? Para receber mais informações sobre a área de topografia e crescer ainda mais, siga a CPE nas redes sociais! Estamos no Facebook e no LinkedIn.

Sobre o autor

CPE Tecnologia

Deixar comentário.

Share This